sexta-feira, 11 de abril de 2008

Uma alternativa ao disque-pizza

É cada dia mais comum o uso de serviços de entrega de comida, principalmente o disque-pizza. O motivo para utilizar o serviço pode ser uma emergência que obriga a ficar até mais tarde no local de trabalho, um plantão, chegar em casa e se depara com geladeira e armários vazios ou mesmo o comodismo de receber o jantar pronto. No meu caso a principal razão é meu horário de trabalho, que me faz chegar em casa perto das 23:00 e com muita fome.


Depois que comprei um freezer no ano passado, comecei a experimentar uma alternativa aos serviços de entrega: passei a comprar pizzas e lasanhas congeladas. Tenho sempre uma quantidade razoável estocada em casa, compradas em hipermercados e de marcas consagradas. Algumas vantagens em relação aos serviços de entrega:

  1. Não preciso aguardar o entregador chegar, o que em determinados dias pode levar muito tempo;
  2. A comida vai pra mesa quente, pois é preparada em casa;
  3. É possível tomar um banho e arrumar a mesa enquanto o jantar fica pronto;
  4. Conheço a qualidade dos ingredientes que estão sendo utilizados;
  5. Posso incrementar o prato básico, acrescentando orégano, tomate, queijo parmesão, azeite ou o que mais der vontade;
  6. O preço é bem inferior ao da comida pedida fora;

É claro que não existem apenas vantagens. Algumas desvantagens são as seguintes:

  1. É necessário ter um freezer; congelador não resolve. No meu caso, tenho um pequeno, que me atende bem. Uma opção é uma geladeira de duas portas, com freezer;
  2. Preciso fazer as compras e estocar as pizzas e lasanhas ou não as terei na hora em que preciso;
  3. O custo do gás ou energia elétrica precisa ser contabilizado. No meu caso, utilizo um forno elétrico, que aquece rápido e assa em pouco tempo;
  4. Muita gente acha que a pizza ou lasanha congelada não têm o mesmo gosto de uma feita em forno à lenha;
  5. Você precisa preparar e assar, seguindo as instruções, que podem variar para cada produto.
E você, como resolve esse problema? Pede a comida pronta, assa você mesmo, ou tem alguma outra sugestão? Escreva nos comentários a sua dica.

Atualização: esse artigo foi citado no efetividade.net.
Postar um comentário