sábado, 12 de abril de 2008

Instituto Nokia de Tecnologia promove desafios em parceria com Forum Nokia na Arena de Programação do FISL 2008

Esse texto é uma cópia integral do anúncio feito pelo INdT, acrescentando de links e destaques por minha conta. Acredito ser uma importante oportunidade para acadêmicos e profissionais que pretendem trabalhar com desenvolvimento de software livre para Linux, com computação embarcada e com desenvolvimento em Python.

A seguir, o texto:

Vencedores serão premiados com dispositivos Nokia N95 e Nokia N800. Inscrições estão abertas no site do fisl 9.0.
O Instituto Nokia de Tecnologia (INdT) participará, pela primeira vez, do Fórum Internacional Software Livre (fisl), que terá sua nona edição entre 17 e 19 de abril, em Porto Alegre. O instituto, em parceria com o Forum Nokia, comunidade on-line com mais de três milhões de desenvolvedores cadastrados, promoverá desafios na Arena de Programação do evento e premiará os vencedores com aparelhos Nokia N95 e Internet Tablets Nokia N800.
Os desafios consistem em disputas que levam em conta habilidades técnicas de programação e desenvolvimento. As competições, realizadas individualmente e em grupo, serão vinculadas a projetos open source para plataformas móveis.

Serão duas fases: qualifying e insanifying. No qualifying, tarefas mais simples ajudam os times a se familiarizarem com a linguagem Python para o sistema operacional Symbian S60 e com a API (Interface de Programação de Aplicativos) da plataforma. Aqueles com os melhores resultados passam para a etapa seguinte, quando usarão parte do conhecimento adquirido durante o qualifying. O resultado será uma contribuição para um projeto de software livre com o qual os participantes poderão continuar colaborando mesmo após o fisl.

Daniel Rocha, gerente do Forum Nokia no Brasil, apresentará, durante o fisl, a palestra "Nokia - iniciativas e projetos open source para smartphones". Ele irá mostrar as últimas iniciativas da Nokia no mundo open source, como Python for S60, Open C, Maemo, Mobile Web Server e outros projetos em andamento. A intenção é orientar os desenvolvedores sobre como participar destes projetos, portar código open source para os smartphones S60 e como contribuir com os projetos de código aberto da empresa.

Além de participar da arena, o INdT estará no evento também com o objetivo de identificar potenciais candidatos a trabalhar no instituto. "Sabemos que o fisl reúne os melhores profissionais da área de software livre, foco das pesquisas de nossa unidade em Recife. A atmosfera de competição é uma oportunidade de avaliarmos a capacidade dos participantes para possíveis vagas que se abram no INdT", afirma Vanessa Nalesso, gerente de RH do INdT.
Postar um comentário