domingo, 4 de novembro de 2007

Web 2.0: A máquina somos nós

É difícil estar envolvido com a tecnologia da informação e não ter ainda ouvido falar da "Web 2.0". Da mesma forma, é difícil encontrar unanimidade na definição do que é, como é composta, quando e por quem foi criada essa "nova versão" da web que conhecemos. Sabe-se que o termo foi criado por Tim O´Reilly e utilizado pela primeira vez numa conferência em 2003. Para muitos, a web 2.0 tem relação direta com os wikis, redes sociais e a participação mais ativa dos usuários gerando e categorizando a informação. Para outros, não passa de um modismo ou uma jogada de marketing.

Eu tenho juntado uma série de links com explicações e exemplos sobre o assunto. Uma excelente forma de tentar explicar a web 2.0 é o vídeo "Web 2.0: The Machine is Us/ing Us", criado pelo antropologista Michael Wesch, da Universidade de Kansas. Nele, são explicadas as novas tecnologias e o impacto que elas ocasionam na forma de gerar e visualizar as informações na web. Além de informativo, o vídeo é inovador na forma de apresentar essa informação, pois não há uma narração oral, apenas uma trilha sonora ao fundo e palavras sendo escritas, trocadas e sobrepostas na tela e dentro das aplicações web que ele busca explicar. Na verdade, é mais fácil assistir que tentar entender a explicação. Além da versão original, é possível ver uma versão com legendas. Outra opção é assistir a versão refeita em português pelo pessoal da Escola do Futuro da USP:


Link do vídeo, pro pessoal do feed

Para quem gostou desse vídeo, fica a dica dos outros vídeos feitos pelo Dr. Michael Wesch, "Information R/evolution", que fala também sobre as mudanças ocasionadas pela web 2.0 e o inquietante "A Vision of Students Today" sobre a relação entre os estudantes e a escola no meio dessa revolução da informação.

E pra você? O que é a web 2.0?

Postar um comentário